Publicidade

sábado, 16 de agosto de 2008

O desabafo do Michael Jackson

Muitos dos meus amigos sabem: não sou paga-pau de quase músico nenhum. Quase, porque sempre existe a exceção. E, no meu caso, é uma, apenas uma. Trata-se de Michael Jackson. Tem gente que o odeia, mas por causa dos últimos acontecimentos que o Rei do Pop tivera. Porém, é indiscutível: o Michael Jackson tornou-se um mito da música.

Ao ler o blog do Piero, após uma twittada dele, foi que eu realmente vi que o MJ é muito mais do que apenas um músico de vanguarda. Na década de 1990, depois dele ter, misteriosamente, transformado-se de negro pra branco, ele lançou um clipe chamado Black or White. Eu não entendia lhufas, porque não sabia inglês. Continuo não sabendo esse idioma, mas depois de 17 anos, não precisa entender poliglota para perceber a mensagem que ele quer passar – mas tu pode ler a versão traduzida.

O clipe lançado por ele, em 1991, pode ser visto aqui. O Youtube fez questão de desativar a opção de “embedar” a bosta.

Porém, o que mais me chamou a atenção foi o fato de a Cler ter tocado no assunto do clipe versão completa. Pera aí? Versão completa? Mas aqueles longos seis minutos, não são completos?

Foi aí que vi que eu estava errado. O Thriller, clipe mais assistido dele – e no topo dos 30 melhores de todos os tempos -, tem 13 minutos. E o Black or White versão completa tem 11. Os outros quase cinco minutos tu pode ver no vídeo abaixo – corre antes que eles “proíbam” o embed de novo.



Não vou fazer análise nenhuma, porque o Piero já fez. Clica aqui e entende.

4 comentários:

Vanessa Pinho disse...

Certo mano.

Eu tive uma leve impressão de que você estava me zoando (no teu primeiro comentário).
Mas enfim.
Sabe como é essa coisa de TPM, a gente acaba não entendendo muito bem as coisas. Mulheres!

Dama de Cinzas disse...

Gosto Michael, ele te seu valor como artista, quanto a polêmica que o envolve, faz parte... rs


Beijos

Gabi disse...

It don't matter if you're
Black or white
(...)
tã nã nã
tã nã nã
uhhhhhhhh!

Na real não peguei a época aurea dele, mas enfim é inegável que ele tem seus méritos...

;*

Piero disse...

MJ só pecou em fazer um clipe onde as mesas de sinuca aparecem sem caçapa, hehehhehehe! Abraços!