Publicidade

domingo, 4 de janeiro de 2009

Portas corta-fogo em shopping é imprescindível

Ah! Nada como voltar a escrever neste blog após uma semana de muitas aventuras em Brasília (DF) e em Goiânia (GO), respectivamente. E nada como voltar com um textinho revoltado, já que o último, por mais bonito que tenha ficado, não é muito a minha laia. Sim, eu tenho sentimentos, mas não sou de expô-los assim, a todo o tempo. =P

Foi na Capital federal que eu pude perceber como as portas corta-fogo são importantes demais. Ao perambular por um shopping que fica próximo à rodoviária e cerca de meia-hora de distância do Congresso Nacional a pé, vi que o local não era "equipado" com estas portas.

Isso é inconcebível. Dá vontade de mandar pro Procon e exigir multa. Porque as portas corta-fogo são importantíssimas. Em caso de incêndio, é para lá que as pessoas vão. É uma maneira de se proteger daquele fogo que vai correndo atrás e pode te queimar.

E, também, é um ótimo "cafofo" para dar uns amassos. Nada mais constrangedor que um guardinha do shopping chegar pra ti, enquanto tu está no bem bom com uma guria, e dizer "vocês não podem ficar aqui". Isso só porque estava em um lugar que era inacessível aos reles consumidores e com apenas uma cordinha como divisória.

Porra, se tivessem as portas corta-fogo nada disso aconteceria. É um lugar com pouquíssimo movimento e onde é possível apagar qualquer fogo - seja ele real ou metafórico. Se não tem porta corta-fogo, então, que deixe um espaço livre no banheiro para isso. Caso contrário, exploda o shopping.

***

P.s.: Em breve, escreverei como foi a minha visita, dia por dia, a Brasília e a Goiânia. Agora, deixa eu descansar.

11 comentários:

T disse...

faltou o "Baseado em fatos reais."
hahahaha, tesão gaúcho!

tarso marques disse...

huahuahua, realmente, faltou o "Baseado em fatos reais."

Luzzi disse...

Tchê, não sei pq mas isso me fez lembrar o episódio do shopping em Osasco/SP que explodiu por causa da tubulação de gás e pegou fogo em certas partes...

Gabi disse...

ai ai ai
e eu ainda acho que seria um texto educativo.

embora até o seja lá no fundo do fundo!

saudades de ler-te
bjão quase jornalista!

Mary West disse...

Pessoas que cortam foda. Compreendo a raiva.

Felipe Nabinger disse...

Malditos seguranças! Tinha problemas com os da Factory (quando eu ainda ia lá).

Mas tenho certeza que o objetivo da postagem é, em primeiro lugar, prestar um serviço público (ironia mode on). =P

Rodrigo Dias disse...

Por que a ironia ligada, Felipe? Por acaso esse post não foi um aviso de utilidade pública? Bem, pra mim foi uma prestação de serviços.

Fala da importância das portas corta-fogo, tanto pra coisa séria quanto pra coisa sacana.

Bando de arigó!

Pequena Kah disse...

:O

"Baseado em fatos reais." (3)hauahauaahua.

Ei senti falta daqui, pronto falei. E lá vem história, uhull, rsrsrs.

Beijo procê.

Tatah Marley's Confissões disse...

Sabe que eu concordo?!
Essas portas são do tipo mil e uma utilidades.. imprescindíveis MESMO, ainda mais em shoppings situados na capital federal.

Adorei te conhecer. adorei sua companhia. enfim.. adorei TUDO, no sentido mais literal que pode existir. :)

Vinícius Ghise disse...

Maltidos seguranças, nada como uns amassos proibidos... heheh.

Acho que os novos shoppings poderiam vir quipados com os dois dispositivos: Portas corta fogo e salas apaga fogo \o/ haahah

abráss

Portifire disse...

Portas Corta Fogo são equipamentos de segurança. Especializada em portas corta fogo e seus acessórios, a Portifire trabalha com seriedade, obedecendo todas às normas técnicas (ABNT NBR 11.742 e 11.785).