Publicidade

quarta-feira, 12 de março de 2008

Papo de Hospital – Parte II

E os nossos cinco heróis continuam no Big Brother Brasil, digo, Hospital. As mesmas quatro continuam conversando, enquanto a quinta ainda não abriu a boca para falar – apenas para vomitar.

Para levantar o ânimo do pessoal, o celular de Fabriolo toca. Em ritmo de festa que balança o coração, diga-se de passagem. É a "Silvio Santos way of life".

Fabriolo: E aí cara, tudo bem?

Camilove: Quem é?

Fabriolo: O Fofoca?

Camilove: O que ele quer?

Fabriolo: Fazer... Fofoca!

Camilove: Tinha que ser. Coloca no viva-voz.

Fabriolo: Não! Ele não quer que a fofoca saia daqui.

Fabriolo (falando com o Fofoca): Advinha onde eu estou? Isso! No Hospital. A Camilove também está. No Hospital. O Igorênio, também está no Hospital e o Rodrolfo, idem. Ah! E a Julinelza, advinha onde ela está? Isso! No Hospital! Estamos todos esperando para tomar soro. Menos o Rodrolfo. Advinha por quê? Isso! Porque ele não bebe! Abraço!

Igorênio: O que o Fofoca disse?

Fabriolo: Nada além de fofoca. Mas foi muito sem graça que nem vale a pena contar. E não insista.

Camilove: Ô Rodrolfo, que tanto tu olha pra lá?

Rodrolfo: Já viu aquela guria ali?

Igorênio: Quem?

Rodrolfo: A gostosa. Loira, peituda, bunduda. Só não dá vontade de come-la no banheiro porque isso aqui é hospital público e a irmã do Tunareco acaba de sair de lá.

Todos os outros três: Irmã do Tunareco?

Rodrolfo: É! Aquela mendiga! Até tirei foto.

Igorênio: Eu também. A minha foi de frente.

Rodrolfo: A minha foi de costas. Mas essa não como de jeito nenhum.

Camilove: Mas, Rodrolfo, tu é podre, hein? Isso aqui é um hospital, porra!

Rodrolfo: E eu com isso! Eu não estou morto!

Nisso, uma enfermeira abre a porta. “Os familiares de Valdisnei estão aí?”. Ao ouvir o nome, locomovem-se até a Dama de Branco. “Ele acaba de falecer”.

Rodrolfo: Viu? Esse aí não pode, mas eu posso comer aquela loira gostosa.

E lá foi Rodrolfo pegar o telefone da dita bunda... digo, dita cuja.

9 comentários:

wagner disse...

Primeiro comentário deste tal de hospital.
Tava sumido, morri e ressuscitei... rsrs...
Grande abraço amigo e os textos continuam sempre ótimos.

Nina 512 disse...

caraca, tu n presta mesmo neh

hsuahsihaish
e mesmo assim eu continuo falando contigo e bah.


putz, tonga eu!

mas enfim. tu se fu*&% legal com essa tal de tcc neh

shauhsia

bem feito. ta vendo
o castigo de posts como esse vem a galope!

shauhsaiu


amo-te (mentira, rs)



bjoooo

Bianca Rieth disse...

(..)A gostosa. Loira, peituda, bunduda(...)
(...)Viu? Esse aí não pode, mas eu posso comer aquela loira gostosa....

Até em enredos esses homens não prestam, brincadeirinha, ri o tempo todo com essa estória, e to rindo até agora!!

Biba B. disse...

Ai rodrigo desse jeito tu nunca vai terminar o TCC!

Bianca Rieth disse...

Sabe que não gostava desse caras, sério?! Nâo gostava...
Ah!! E pior é que nós mulheres gostamos desse safados, nunca vi!!

Mas muito bom o texto, sempre que passo por aqui, eu releio tudo de novo e lógicamente dou muita risada!!

Beijos!!

Ah! Força no TCC, quero ver um 10 lá!!

Izze. disse...

AHuahuauhaau

Mas que danado, tu. Não respeita nem o novo falecido. xD

Se papos assim acontecessem comigo num hospital, eu iria uma vez por semana, no mínimo.. hauauhauahua xD

Izze. disse...

Hmm.. bem... nós temos tratamento de esgoto... Vejamos..

Que tal borboletas sírem das chaminés das fábricas e dos escapamentos dos carros? =B

Aaah, mas, convenhamos, correr pelo pasto com borboletas seria mais divertido.. hauhauaahu xD

"" Kinha "" disse...

Será que tem um
3
dsuhhdsuhdha

Ju disse...

tu pegou fone dela mesmo! O que seria de vcs sem mim! Só mesmo eu pra fornecer tantas emoções aos meus ilustres amigos!