Publicidade

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Janelinha imbecil... ou não

Ah, o MSN. O Ricardo lembra muito bem da primeira vez que utilizou esse programa. Estava com o ICQ aberto e entrou naquele antigo "MSN Explorer". Do nada, viu algumas pessoas adicionando-o e conversando com ele por ali. Aquela nova ferramenta, no início uma cópia de ICQ, acabou virando a melhor para ele comunicar-se: afinal, depois de um tempinho, todos os amigos deles trocaram o primeiro programa por esse, cheio de fru-fru, coisa e tal.

E o Ricardo sempre foi um cara, digamos, multi-funcional. Cada vez que abria o seu "mensageiro instantâneo" - ó, que bonito -, tinha, pelo menos, 10 janelinhas piscando ao mesmo tempo. Se achava tão popular, o coitado do Ricardo.

Pelo MSN conseguiu muitas coisas. Trabalho, amigos, namoradas, essas coisas. Era um cara, virtualmente, bem relacionado. Ok, não só virtualmente, porque o lance das namoradas era carnal. O motel Botafogo já estava, praticamente, fazendo aquelas promoções vips: "a cada dez vezes aqui, ganha uma de 12 horas de graça".

Com o tempo, Ricardo foi perdendo as namoradas. Sabe como é, se enjoa fácil e, como um baita galanteador, arranjava outra logo, logo. E foi numa dessas que ele fez algo bizarro.

Estava namorando uma outra guria, mas não transava. A dita-cuja era toda recatada e, mesmo Ricardo tendo o que elas chamam de "a pegada", ela não arredava o pé - nem abria as pernas. Não dava de jeito nenhum.

Foi então que conheceu uma guria que morava numa cidadezinha distante da que ele estava residindo. As coisas foram esquentando, papo vai, papo vem, enquanto a namorada não abria as pernas, a outra fazia isso pela webcam. Uma maravilha. Poderia muito bem ter gravado aquilo, postado em um ftp, criado um site do tipo "Putinhas da Webcam" e feito um spam filho da puta no Orkut.

Ele estava a fim dela. Ela estava a fim dele. Trocaram telefones, falavam coisas sacanas à noite, antes de dormir, blá, blá, blá, Whiskas Sachê, blá, blá, blá.

Como todo homem imbecil, Ricardo precisava desabafar. Foi quando viu a janelinha do MSN de seu melhor amigo subir para escrever "Cara, lembra daquela mina que eu te falei? Tô indo lá pra cidade dela pra comê-la, tô precisando esvaziar o saco!".

Não deu nem um minuto, a janelinha da namorada dele piscou. "Que história é essa? Tu não vai pra lá estudar? Vai é pra comer uma?".

É, essa janelinha imbecil do MSN acabou com o namoro do Ricardo... mas, também, ajudou-o a redescobrir como o sexo é bom.

11 comentários:

Nina disse...

Tem que ter cuidado... toda essa tecnologia pode se voltar contra vc...

tarso marques disse...

tecnologia: ame-a ou odeie-a...hahaha

Pedro Favaro disse...

O msn me odeia.
Nao vou fazer outro post concordando com o seu mais saiba que várias calcinhas deixaram de ser jogadas no chào do meu quarto por conta desse maldito mensageiro!

Pedro Favaro disse...

hehehe

Mal ae rapá, me expressei mal.
Seria "um comment concordando com o que foi dito no post".
Enfim, são as drogas do post passado do meu blog ainda fazendo efeito sobre mim.

Nina 512 disse...

hauauaauahuahauuahu


amo teus textos... da-lhe criatividade nao?!

mas vai... sei la
namoro sem sexo eh uma coisa
tao rara...

e termina com uma facilidade tao absurda tb, ...

ou n neh, vai saber.

Beijo meu quase-amor ^^

Rodrigo Dias disse...

Nina 512, namoro sem sexo é amizade. Mas, como diz uma amiga minha: amigos também transam. Logo, namoro sem sexo é apenas uma forma de "socialização".

Mar e Ana disse...

hauhauhauha
Muuuito perigoso msn!!

hauhauha namoro sem sexo ser forma de socialização foi boa! e pior q é verdade Oo
ahuahuah

:****

Kah disse...

Me deixei levar por algumas risadas depois de ler alguns comentários.

Ótimo texto, vou linkar.

Até a próxima.

Mary West disse...

Meu msn é meio inutil, nunca entra akeles que são desejados, mas incovenientes aparecem é muito. Por isso soh vivo off. :D

Gostei do conto!

Izze. disse...

HAuahua.. aaah.. no MSN tudo flui. O assunto, sua divulgação para os outros... Por isso gosto tanto dele mas... Só uso ele ultimamente pra falar com o Arthur. =B
Na verdade, só usei ele pra falar com o Arthur, foi meu primeiro contato! E virou namorado! Olha como é útil.. xD

Raquel Verardi disse...

Hahahaha
O bom é que agora nessa última versão as janelinhas não piscam mais, se criam abas.
Assim, tu só troca de "amigo" se tu quiser!
Yupiii!