Publicidade

domingo, 2 de dezembro de 2007

A união de gremistas e colorados

Agora, 15h37. Faltam cerca de 23 minutos para o início do jogo mais esperado do Campeonato Brasileiro 2007: Grêmio e Corinthians. Independente do resultado, podemos dizer que hoje é um dia histórico para o Rio Grande do Sul.

Como se sabe, o Grêmio e o Inter têm uma rivalidade com um tamanho impossível de medir. É tão grande que, volta e meia, os confrontos matam alguns torcedores... de ambos os lados. Mas vamos ao que importa.

Sim! Esse jogo, Grêmio e Corinthians, conseguiu unir as duas maiores torcidas deste estado. Ambos querem que o alvi-negro paulista caia para a segunda divisão - na verdade, todo o Rio Grande do Sul, pelo menos. E o que motiva esse sentimento não é o ódio, mas sim a revolta. A revolta porque um time como o Corinthians não merece estar na elite do considerado o maior campeonato do País. Um time não é feito apenas de jogadores, mas também de dirigentes. E a direção do time paulista, até o dia 29 de setembro deste ano, era a mais podre.

Também não é só isso. O Grêmio torce para poder ir à Libertadores da América em 2008 e o Inter espera que o Corinthians perca a fim de revidar a falcatrua de 2005.

Acredito que esta é a primeira vez que gremistas e colorados unem-se. E é uma união bonita de se ver. Que, independente do resultado de hoje, permaneça assim: rival, mas com respeito de ambos os lados.

Agora faltam 10 minutos para o início do jogo. Eu, que não sou muito de ver futebol, estou na frente da televisão esperando este momento, com o pensamento gritando: "vai Grêmio!".

P.s.: Em tempo, vale ressaltar que aqui em casa são dois gremistas e dois colorados - meu pai e meu irmão. E eles são muito fanáticos. Por isso é incrível de ver: os dois estão torcendo para que o Grêmio ganhe e para que o Inter perca, pois só assim o Corinthians cai!

***


Update - 18h11: Acaboooooou! 1x1 e o Corinthians é rebaixado. Meu irmão dorme, mas meu pai tá feliz da vida. Uma pena para os torcedores, que não têm culpa, mas quem disse que a vida é justa?

Update - 18h10: O bosta do Tuta, em vez de chutar a gol, tentou passar e não fez o gol.

Update - 18h06: O Corinthians tem um escanteio que não aproveita. Como até o goleiro estava lá, um jogador do alvi-negro foi obrigado a fazer falta e ser expulso para que não tomasse gol. E o filho da mãe do juiz deu quatro minutos de prorrogação.

Update - 18h04: O Grêmio quase faz mais um. Mas está facilitando para o Corinthians. E muito! O Corinthians só não faz por falta de habilidade.

Update - 18h: Faltam cinco minutos e o Grêmio não está fazendo a sua parte. Mas quem disse que sempre é o melhor quem ganha? Vamo Grêmio, não toma gol!

Update - 17h54: E agora entrou o matador em campo. Uh, terror, Tuta é matador! Resta saber quem ele vai matar: se o Corinthians ou o Grêmio. Por enquanto, quem tá cometendo praticamente um suicídio é o Grêmio. MEDO!

Update - 17h45: O Grêmio perdeu uma bela oportunidade de fazer o gol. Ia acabar com o Corínthians e não quis...

Update - 17h36: E a torcida canta o hit do verão "Ei, Galvão, vai tomar no c*". E o Grêmio quase faz o segundo gol.

Update - 17h34: Arce - não aquele que era do Grêmio - entra no Corinthians. O Grêmio tem que segurar. Ayrton também entra. É tudo ou nada. Que cacete. E o meu coração pula. Até me veio aquela música dos Titãs, que diz "E o pulso ainda pulsa!"

Update - 17h29: Pênalti para o Goiás. O Clemer defende, mas o juiz manda voltar. A galera reclama, como de praxe, mas está todo mundo torcendo pra que o Corinthians caia. Agora o Paulo Baier coloca de volta a bola no centro, juiz autoriza e... CLemer de novo! E o juiz manda repetir de novo. Haaaaaaja coração. Agora, Elson coloca a bola para bater. Abel braga tá puto da cara, o Clemer acredito que já cansou de defender, e o Goiás não quer cair. Enquanto isso, eu não vejo o jogo do Grêmio e fico na expectativa de não tomar mais um gol do Corinthians. E esse update tá grande pra caramba. Já faz dois minutos que enrolo. Juiz apita e o jogador bate e... GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL! Eeeeeeeeelson do Goiááááááááás! Foi, foi, foi, foi, foi, foi eeeeele! O craque da camisa de número que não sei! Agora só falta o Grêmio fazer a parte dele.

Update - 17h21: Recomeça o jogo. O Bustos, parece, foi substituído. Agora tem que ver se vai dar certo. Falta para o Grêmio cobrar.

Update - 17h01: Intervalo. Grêmio e Inter empatam seus respectivos jogos. Mas o Grêmio é que tem de fazer a sua parte. Apesar de não ter mais chances de ir para a Libertadores, é sua obrigação vencer o Corinthians. Não apenas para rebaixá-lo, mas para parabenizar os torcedores gremistas, que em nenhum momento arredaram o pé do estádio, principalmente nos momentos mais difíceis. Além de quê, têm de retribuir o belo trabalho que o Mano Menezes fez nestes quase três anos de comando do tricolor gaúcho. Tirou o time da segundona e o levou à final da Libertadores deste ano. Nada mais justo do que fazer a sua parte: vencer. Está na hora deles, os jogadores, refletirem um pouco sobre a atual situação e irem pra cima do Corinthians e fazer gols. Isso mesmo. Gols. Muitos gols.

Update - 16h46: O Grêmio parece que sentiu. Não tá fazendo mais merda nenhuma dentro de campo. Será que teve alguma malinha preta, ou é apenas para que a gente ouça o Galvão Bueno gritar "Haaaaaaaaaaaaaaaja coraçããããããão"?

Update - 16h43: O Inter faz a parte dele e o Grêmio toma gol. Uma inversão de papéis? Mas, mesmo assim, vamo Grêmio!

Update - 16h41: Falta para o Grêmio cobrar e... não foi gol. Mas tá quase lá!

Update - 16h35: O Grêmio quase faz o segundo gol. Quaaaaase! Vamo, vamo, vamo tricolor!

Update - 16h28: A revolta é grande aqui em casa. Ninguém acredita que o Goiás perdeu um gol feito contra o Inter. Ah! Já disse que meu pai e meu irmão são os mais revoltados?

Update - 16h24: Meu pai e meu irmão estão putos da cara. O Inter fez um a zero contra o Goiás. Palavras do meu irmão: "Se o Inter tivesse feito um campeonato bom, tudo bem. Mas agora, querer dar uma de bom, não dá". Assim não dá. O Grêmio faz a sua parte e o Inter, que mais quer que o Corinthians caia, não cumpre a dele.

Update - 16h18: Diego Souza dá um chapéuzinho no jogador do Corinthians. Meu pai e meu irmão continuam a vibrar mais que eu.

Update - 16h15: Grêmio faz um a zero no primeiro minuto de jogo e meu pai e meu irmão vibram mais do que eu.

2 comentários:

Nessa disse...

tu tá muito inspirado.

não tenho nada a declarar, so sorry, tô de cara com futebol.

juliana disse...

me diz uma coisa: que gaucho não queria ver o corintias rebaixado?
hehehe...muito bom isso!