Publicidade

terça-feira, 15 de abril de 2008

E viva o frio

Frio. Particularmente, eu curto o frio. Acho o inverno uma das melhores estações que tem. Lógico, acredito nisso por eu ser, como muitas pessoas dizem, um dos últimos românticos. E o inverno propicia este romantismo. Afinal, quem é que não gostaria de, durante aquelas baixíssimas temperaturas, estar sentado em cima do tapete de pele de ovelha, vendo um filme, com as lenhas pegando fogo na lareira, e tu e tua companhia tomando chocolate quente - não bebo nada alcoólico e isso inclui o vinho - enquanto estão, babacamente falando, juntinhos?

Melhor que isso, só quando um fondue de chocolate está sendo preparado para comer junto da companhia - isso é, se tiveres uma, o que não é meu caso.

Agora, o problema é que o frio nos abala fisicamente. É impossível acreditar que existam pessoas que, naquela friaca desgraçada - aqui em Porto Alegre, no inverno, chega a zero grau de vez em muito -, não querem ficar mais um tempinho na cama, encolhidinho, só esperando o tempo passar - e torcendo para que o mundo desabe para não ter de trabalhar.

Imagina-te na seguinte situação: chegas em casa numa canseira porque passou o dia trabalhando, correndo de um lado para outro e, à noite, vai assistir aula naquele friozão dos infernos - contraditório isso, né?. Após um longo banho quente - tem gente que não consegue dormir sem passar água pelo corpo -, deita-te na cama já prevendo: vai ser duro acordar amanhã cedo para dar continuidade ao Trauma de Conclusão de Curso, também conhecido como TCC.

Quando o celular tocar, duvido que não irás exercitar o polegar - o dedo, não a banda - de tanto ficar apertanto o "soneca" do despertador. Isso é fato. Não importa se tens de levantar: sempre farás isso. Afinal, a caminha está quente - mesmo quando ela é de casal e não tem uma guria do teu lado para esquentar mais ainda - e o quarto, nem um pouco. E, como a gente sabe, o "quente" relaxa, e a gente acaba pegando no sono e, quando vê, já é tarde demais para fazer aquilo que tínhamos, ingenuamente, planejado.

Mas, dane-se. O frio é bom pra caramba e o resto é resto. Se bem que, neste dia frio, de 7 graus em Porto Alegre, estou aqui, acordado - e morrendo de vontade de voltar à cama -, fazendo o TCC. Afinal, de vez em quando, a gente tem de tomar vergonha na cara para não acabar se dando mal no futuro. Oh, god, porque inventaram o TCC?

***


P.s.: A única coisa que não gosto, realmente, no frio, é que ele ativa o meu lado romântico até o extremo. E isso, para quem defende a solteirice a todo o vapor quase sempre - apesar de me contradizer um tempo atrás -, é um saco. Ainda bem que isso dura só três meses, hehehehe.

12 comentários:

Mar e Ana disse...

Isso foi 15 pras 8 da manhã?
Aaah o frio *__* Acho que no inverno, as coisas ficam muito mais interessantes e realmente, o lado romântico de muita gente aflora... Ver filmes, ficar abraçado, tomar chás, chocolate-quente... quem faz isso no verão? Oo

Se eu não me mudar pra Curitiba, a cidade escolhida é Porto Alegre! Maringá faz muito calor pro meu espírito ¬¬'

:*

Bianca Rieth disse...

Ai, o frio!! A estação preferida dos românticos, apaixonados e os adoradores do inverno. Adoro frio, mas para ficar em casa sem fazer nada!! Ter que trabalhar e estudar, abaixo de zero, daí é foda!

Vinícius Ghise disse...

Adoro o frio, tudo tem mais gosto, e é mais gostoso. Salvo sair da cama. Eu consumo vinho até no verão, então imagina no inverno, longas degustações, má que beleza!

Essa aí de último romântico não cola viu, haha.

Raquel Verardi disse...

Olha, eu não quero te desanimar viu?
Mas ainda não chegou o inverno...
Será que não tá um pouco cedo para tu extravasar teu romantismo?
Quem te viu quem te vê senhor Dias :P

Rodrigo Dias disse...

Pô, Billy, não dá pra entender vocês:

Quando escrevo minhas crônicas, acham que tô falando de mim;

Quando escrevo de mim, acham que estou mentindo - ou "cronicando";

Será que é tão fácil, assim, fazer jogo de palavras? =D

Vinícius Ghise disse...

Peraí, foi pra mim ou para todos? hehe

Brincadeira meu. Olha sou suspeito pra falar, curto muito tratar bem e agradar, claro, sem ser "meloso".

Sou um romântico mesmo.

Raquel disse...

Que tempo que não venho aqui :)
Ah, o frio.
Também amo o frio... as companias, os filmes, os vinhos, o jazz, os livros. E A PREGUIÇA!!!

Dilíiiiiça de frio.. andamos sempre cheirosos, desgrudados das roupas, grudados nos amigos, nos respectivos, parecendo ovelhinhas.

E quem disse que o inverno não é gelado? :P

Tisserand disse...

Acho que sou um dos poucos romanticos que não gosta de frio... :S

mt bom.

Ana Laura disse...

Frio é bom para quem tem companhia, porque é uma estação que tende á depressão, sempre achei isso, mas outro dia fiquei sabendo que esse é um fato cientificamente comprovado. Mas eu adoro, mesmo não tendo cia, porque tudo fica mais elegante e encantador.

Parabéns pelo blog.
Beijos.

Manu disse...

pior eh que estamos no outono ainda, ou seja, mais de três meses!

mas a gente aguenta o/
nem que for com chocolate quente, risadas e a WIRELESS do fratello! heuehueheu
por falar nisso, viu que saiu matéria no portal3? ^^

smaaaaaaaaaaack

Adriana Sikora disse...

Realmente o frio é mesmo um dos inimigos dos solteiros...
mas o fato é que não são apenas três meses, mas seis se levarmos em conta o outono e o inverno...
Não à toa, muita gente reata namoros nessa época de abril e termina em novembro...
hehehe
Beijos Rô

Mary West disse...

Desejo boa sorte em teu curso, jah estou tentando formar as peças para o final do meu tb. Pena q aki quase naum tem frio, mas dias nublados são os melhores. =*