Publicidade

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Se fosse no Brasil...

... será que ia ficar assim?

Essa é, realmente, a pergunta que não quer calar. Por que não dá para entender como é que um equipamento some, do nada, durante os Jogos Olímpicos e ninguém sabe onde está. Aliás, sabem, mas só quando a disputa por medalhas de determinadas modalidades encerram. Aí o equipamento aparece.

Não dá para acreditar em um simples sumiço do equipamento da Fabiana Maurer, a brasileira séria candidata a medalha no Salto com Vara nos Jogos Olímpicos de 2008. Isso. Uma vara que sumiu, deixou a atleta desconcentrada e acabou com o sonho dela de um resultado bom. O detalhe é que, tão logo acabou o treco, a organização encontrou-a nos equipamentos dos eliminados.

Espera aí? Eliminados? Como é que pode?

Claro que pode. Estamos falando da China. E a China pode. Assim como a Rússia pôde em 1980.

Não tá lembrado da Rússia? Modalidade de salto em distância, com João do Pulo. Simplesmente, nove dos 12 saltos do brasileiro foram anulado. E foi assim que o adversário russo foi campeão.

Mas não precisamos ir tão longe assim. Em 2004, em Atenas, um manifestante entrou na avenida, não para sambar, mas para fazer um protesto. Abraçou o brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima e tirou um ouro que era quase certo.

Até tiveram críticas. O carinha tomou uns sopapos e deve ter parado de insistir em manifestações - devia ter sido atropelado no grande prêmio da Inglaterra de Fórmula 1 de 2003. Porém, não foi uma gritaria do tipo "que desorganização" ou "que vergonha", essas coisas.

Mas, se fosse no Brasil, o que será que aconteceria?

4 comentários:

vanessa disse...

È muito lastimável isso que acontece...
Deveria haver algum tipo de punição, para quem fez ou para caso de "não saberem" quem fez, os organizadores serem punido...
E acredito que no brasil também não haveria punição nenhuma também...

Mary West disse...

Só sei que q se a vara fosse do Bush, geral ia se lascar.

Má tb ó, cade a responsabilidade da moça? Sei lá...Custa ficar de olho no seu proprio equipamento? Se tem atleta até morrendo lá, sumiço de varas é fichinha.

Pedro Favaro disse...

cara...acho meso complicado colocar a culpa em alguém. Especialmente por que o erro humano é insuperável...somos capazes de errar tanto e tão feio que n?ão duvido que tenha sido um carregador imbecil q tenha sido o culpado.
flw

Nina disse...

Eu fiquei pasma com isso...
se isso acontecesse aqui no Brasil ninguém ia se preocupar pq estranho seria se não acontecesse nada!!!


(tô numa fase de odiar o Brasil...)