Publicidade

terça-feira, 13 de maio de 2008

A arte de escrever

Quando criei o Etc., etc. e etc. não imaginava que faria conhecer alguns atributos. No início, esse espaço seria para fazer um trabalho mais crítico sobre o jornalismo, mas do jeito que adoro fazer: com muito humor misturado com um pouco de ironia – que, muitas vezes, beiram a acidez de um limão. Porém, a facilidade de escrever me fez perceber uma qualidade que não sabia ter: criatividade para escrever crônicas e contos.

Nunca me passou pela cabeça essa possibilidade, até que escrevi o meu primeiro e, com o tempo, foi ficando cada vez mais fácil escrever os demais. E, confesso, adoro isso tudo.

Não apenas porque tomei gosto por esse tipo de texto, mas pela facilidade que a gente tem para brincar com a mente das pessoas. É sério. Algumas vezes fui interpelado pelo msn com perguntas do tipo "estás apaixonado?" ou então "Cara, tu te cagou?". Isso mostra como escrever é legal: tu nunca sabes de que forma a criaturinha leitura vai interpretar aquele texto.

Não vou negar: todos os meus textos têm um pouco de mim incluído. Porém, isso não significa que eu tive participação ativa no processo. O fato de eu ter escrito um texto que fala de como nós, homens, ficamos abobados quando nos apaixonamos não quer dizer que estou, naquele momento, apaixonado – nem depois. Assim como, ao falar sobre atitudes babacas não significa que aquilo foi tudo criatividade.

Enfim, escrever é muito bacana e brincar com a interpretação dos outros é mais ainda. Muitos dizem que eu me revelo demais nos meus textos, será verdade? Eu sei, mas será que tu sabes? Misterioso faz parte de umas das minhas virtudes – ou será defeito? Só posso dizer uma coisa: descobre. Tenho certeza de que não irá te decepcionar.

***

Crédito da Foto: Manu Spies

7 comentários:

Manu disse...

Eu gosto das tuas cronicas! =D
E, pra ser sincera, gosto mais do que das críticas e outros textos. É que com tuas cronicas eu geralmente rio pra caramba!
ehueheuheu

Ainda bem que, um dia, tu pensou em fazer esse blog! ;D

;****

Bianca Rieth disse...

Eu gosto do jeito com que tu escreves as tuas crônicas, acho que tu tens uma facilidade para conduzi-las. Geralmente o que escrevemos tem um pouco de nós, mas não significa que estamos ali por inteiro.
Um mistério sempre é bom, não dá para revelar tudo de uma vez :P

Raquel [or Candy] disse...

A gente vai indo, indo.. e quando vê, descobre talentos. Eu havia abandonado o meu blog quando um colega e amigo me estimulou a voltar. Hoje, não consigo ficar sem escrever por muito tempo.

:*

Piero disse...

Particularmente, eu achei que tu tinha se cagado todo perna abaixo. Afinal, assim como todo ator coloca um pouco de si na personagem, toda farsa tem um pingo de verdade por trás. Brincadeira, hehehe.

vanessa disse...

O teu blog é muito legal mesmo.Você leva geito para escrever,E os seus textos me diverte!!

Foi graças ao teu blog que me deu vontade de criar o meu.

tarso marques disse...

cara...teus textos nao sao dos piores...mas como eu tbem nao sou lá grande coisa pra poder falar alguma coisa...hahaha
me divirto com seus contos, cronicas...
abraço

di disse...

gosto mais das crônicas do que das críticas. e penso, às vezes, se tu ralmente tá assim, como tu escreve.bom, acho que nunca vou saber...

beijo
di